Monday, April 30, 2007

Organismos transgénicos: Plantas ou animais.



Quando falamos em organismos transgénicos tendemos a associá-los a plantas, mas os organismos transgénicos para além de poderem ser plantas também podem ser animais. Comecemos por explicar o que são as plantas transgénicas e depois o que são os animais transgénicos.

- Plantas transgénicas: Para obter plantas transgénicas são necessários:
-> um gene de interesse;
-> uma técnica para transformar células vegetais através da introdução do gene de interesse.
-> uma técnica para gerar uma planta inteira a partir de uma só célula transformada.

Após esta última etapa, teremos uma planta transgénica, porque ela contém, além dos genes naturais, um gene adicional proveniente de outro organismo, que pode ser uma planta, uma bactéria ou até um animal.

- Animais transgénicos: A manipulação genética em animais é uma das questões mais controversas dentro da comunidade científica. A tecnologia pode ser usada para criar animais de fazenda mais produtivos, transformá-los em “fábrica de remédios” ou desenvolver modelos de animais em laboratório para estudo de doenças humanas.
Em resumo, um transgene é um fragmento de DNA, em geral é a sequência completa de um gene, artificialmente introduzido no genoma de outro organismo.
Para obter um organismo transgénico, primeiro o gene de interesse é identificado e isolado (clonagem génica). Depois, é preciso montar o transgene, porque nem todo gene é expresso (levando a célula a produzir proteína) em todos os tecidos. Só os glóbulos vermelhos do sangue, por exemplo, expressam a hemoglobina, proteína que transporta o oxigénio aos tecidos. Além disso, a expressão dos genes em cada célula varia de acordo com seu estado funcional.

4 comments:

Murilo said...
This comment has been removed by the author.
Murilo said...

Muito legal isso sobre os trangênicos,me ajudou a enteder sobre trangênicos e a fazer um trabalho da escola....

gaby.jkrow said...

muito enteresante....

Ser ou não ser, eis a questão! said...

ctrl C e ctrl V, valeu aprendi um pouco.